Morte de Raul Seixas completa 20 anos

1263624-5935-cpO início foi em Salvador. O jovem baiano Raul Santos Seixas, conhecido como Raulzito, fazia um som que misturava as influências do rock and roll de Elvis Presley, seu ídolo, com a batida regional de Luiz Gonzaga, o rei do baião. Em 1967, aos 22 anos, Raulzito gravava seu primeiro disco com a banda The Panthers, mas o reconhecimento nacional só viria mesmo com o lançamento do compacto “Ouro de Tolo” (Eu devia estar contente/ porque eu tenho um emprego/ sou um dito cidadão respeitável…) em 1973. O meio dessa história todo mundo conhece. foram mais de 20 anos de carreira e mais de 200 músicas gravadas em 18 discos – isso sem contar as coletâneas e relançamentos.

No dia 21 de agosto de 1989, aos 45, Raul Seixas morria em seu apartamento em São Paulo, vítima de parada cardíaca causada por uma pancreatite. Seria o fim? Parece que não. Passados 20 anos de sua morte, fãs e admiradores não deixam esta história cair no esquecimento. Prova disso é a produção de um documentário, uma biografia e um pacote de lançamentos em CD e DVD que o homenageiam este ano. A comunidade do artista no Orkut conta com mais de 113 mil adeptos, as rádios não deixaram de tocar sucessos como “Mosca na sopa”, “Gita” e “Tente outra vez”, e é fácil ouvir o grito “Toca Raul!” nas plateias.

Em maio passado, por exemplo, a 5ª edição da Virada Cultural de São Paulo teve um palco dedicado exclusivamente a Raul Seixas. Dezenove bandas se apresentaram durante 24 horas no Palco Toca Raul com músicas do seu repertório. “Essas apresentações foram gravadas e existe a possibilidade de lançar esse material em DVD e CD”, revela Sylvio Passos, presidente do fã-clube Raul Rock Club (www.raulrockclub.com.br). “Além disso, estamos negociando com a gravadora Eldorado o lançamento de dois discos só com material inédito“, completa.

O fã-clube fundado por Sylvio Passos em 28 de junho de 1981, data de aniversário de Raul, era considerado pelo próprio ídolo como seu fã-clube oficial. “Um dia Raul me disse: ‘Toma meu baú inteiro, leva para você. Estou te passando a minha vida’”, conta Passos, que herdou o famoso Baú do Raul. Esse material está guardado na garagem de sua casa, mas Passos sonha em montar um memorial para que todos tenham acesso ao acervo. “faço exposições itinerantes em várias cidades do Brasil, mas quero montar uma espécie de memorial ou centro de estudos para que as pessoas conheçam e estudem a vida e a obra dele”.

O próprio Raul tinha a preocupação de que sua história não fosse esquecida. Tudo que fazia era registrado em cadernos, como um diário, além de guardar objetos, roupas e fitas com suas gravações. Boa parte dessas recordações fará parte do documentário “O início, o fim e o meio”, que será lançado ainda este ano em circuito nacional. “Vamos aproveitar o ano de morte para fazer essa homenagem“, afirma Denis feijão, produtor executivo do filme. O longa-metragem contará com muitas imagens de arquivo, entrevistas e material inédito da carreira de Raul. A direção do documentário é de walter Carvalho e Evaldo Mocarzel.

Outra homenagem pelos 20 anos de morte de Raul é o lançamento de uma biografia. Apesar de existirem mais de 30 livros publicados com registros da vida e da obra de Raul Seixas, essa publicação promete se destacar pela imparcialidade de uma pesquisa que vem sendo feita há quase cinco anos. “Na verdade, ainda não existe uma biografia do Raul, o que existem são muitos livros sobre aspectos da vida dele”, sentencia o jornalista Edmundo Leite, autor da biografia em produção. O escritor prefere não falar muito sobre o conteúdo da biografia, mas garante que o lançamento vai acontecer ainda este ano. Não vão faltar histórias para contar a vida de quem cantava “eu nasci há 10 mil anos atrás”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: